Relato de um Viciado – Ideia Fixa

Erika

 

E todo dia acordava com aquele nó na garganta, aquela mesma ideia na cabeça. Era colocar o pé no chão e sentir uma bola de aço rolando dentro do cérebro. Arrastar-se pelo banheiro e odiar se olhar no espelho. O corpo desajeitado sendo arrastado pela casa. Sempre a mesma rotina. Os vizinhos acordavam cedo para brigar uns com os outros, cachorros latindo para os passantes e o número de carros aumentando a cada minuto.

E todo dia a mesma coisa, não importava se fazia chuva ou fazia sol. Aquela aflição estranha no corpo que fazia cada batida do coração mais intensa e lenta. Sentia-se acorrentado sem saber onde nem porquê. Aquela ideia fixa numa só coisa durante todo o dia. A insônia era tão comum que à tarde já sentia: “hoje não vou conseguir dormir”. E não se irritava com essa antecipação. Muito pelo contrário, sabia que eram as melhores horas do dia e que o silêncio acalmava seus pensamentos obsessivos. Até que um dia essa monotonia foi quebrada pelo galo do vizinho. Quando tudo parecia tão calmo e sereno, o galo sem noção de tempo cantava a qualquer hora da madrugada. Esse chamado o impedia de continuar qualquer coisa, era um choque elétrico que o fazia perder a linha de raciocínio e até a respiração. Já não era mais possível apreciar o seu vício durante a madrugada. O galo atrapalhava tudo.

Procurou outros lugares, outras pessoas, outras ideias, mas nada o satisfazia. Aquele seu antigo vício sempre vinha acompanhado do canto do galo. Tudo que antes apaziguava a alma passou a aborrecimento. Tanto era o aborrecimento que comia frango todos os dias com raiva e um estranho prazer. Mastigava com força enquanto pensava “galo maldito”.

Foi num domingo de manhã que sentiu um cheiro de frango assado vindo do vizinho. E na madrugada seguinte o galo não cantou mais. E a madrugada, antes angustiante, voltou sem o galo.

 

/Erika Tagima

Anúncios

Uma resposta em “Relato de um Viciado – Ideia Fixa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s