Relato de um Viciado – Relato de uma escritora Viciada

joyce

 

Eu não sabia o que estava acontecendo comigo, era como se por dentro eu estivesse gritando, e por fora tivesse que demonstrar ser uma pessoa feliz.

Eu não tinha pessoas para conversar, e nem poderia. E então, eu precisava me apegar a algo, ou  alguma coisa que me fizesse bem ou respirar aliviada. A algo que me deixasse ser quem eu era. Que não me punisse por eu ser quem eu sou. Que ao contrário de todos a minha volta, não me julgasse pelos sentimentos que eu sentia, pelas atitudes que eu tomava. Que me acompanhasse nas minhas noites de insônia, tomando o meu café, ou o meu energético. Dormir dá preguiça porque, dormir é viver, e viver muitas vezes dá preguiça. Mas não dormir, é viver mais. E essa luta diária me consumia, sem esperanças.

Guardar as dores pra si mesmo, mata. Mas contar aos outros, também pode matar. Não sabemos em quem confiar além de nós mesmos. Dá medo confiar. Dá medo desabafar. E eu precisava de algo ou alguma coisa que me passasse confiança. Era preciso desabafar pra não desabar.

Fui procurando além dos outros, um espaço em mim mesma. Fui procurando me encontrar em meio a multidão de pessoas que eu tanto procurei. Fui procurando o meu espaço no mundo. Fui procurando não procurar. Fui procurando vícios, para não me sentir sozinha.

E de tanto procurar, e escrever sobre isso, terminei assim, escrevendo. Viciantemente, escrevendo. Pode ser egoísmo mas, que seja assim. Eu e, eu mesma! O meu egoísmo, supre a minha necessidade. E minhas palavras são o que eu sinto, mais terapêuticas e sinceras do que qualquer consulta ou qualquer amigo de bar por aí.

 

/Joyce Viana

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s