Relato de um Viciado – Já não sou dona de mim

roxo

 

Hoje meus dias são mais tenebrosos que antes… Sinto o sangue ferver dentro de minhas veias, meus nervos já fazem parte da minha pele, aflorados, sensíveis, impacientes, agonizantes… Infeliz.

Malditas “bolinhas roxas” que muito chamam de remédio, no começo considerei um amigo, fiel, consolador, tirou minha tristeza, pois fim nas longas insônias.

Um terço da pequena bolinha já me, desligava, me enviava, para um mundo de ilusão onde o sonho manda na razão. “desligava, enviava” isso no passado distante, pois hoje um comprimido inteiro já faz o mesmo efeito.

Sou vítima e culpada de vício compulsório, que me afasta da realidade, me manda para um mundo sem dor, sem paixão, uma pura ilusão onde a sonolência sonhadora, torna-se domadora de um ser…

Já não sou dona de mim, meu caminho se resumiu, estou indo rumo a um precipício, meu vicio me consumiu…

 

/Daniela Valadares

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s