Desafio do comentário – Pena

tumblr_lgoe6evs8r1qerodoo1_500

O riso hipócrita é descaradamente sofrido
O sarcasmo derrotado só deixa seu próprio buraco mais fundo
Mas como otimista, pensei a respeito:

Você escolhe o amor ou ele te escolhe?
Existe realmente o amor?
Ou o que existe é a vontade de amar?

Existe o puro e completo altruísmo?
Não é egoísta o prazer de cuidar de outro ser?
O que move o mundo é o egoísmo?
Ou a luta em negar sua natureza?

Não estamos todos em nossas caixas apertando os botões “corretos”?
Esperando por nossas recompensas?
Ou levando choques para mostrar que pode ser diferente?
Apenas apertando um botão diferente no prazer egoísta de contrariar?

No fim

A verdade talvez seja que estamos mesmo todos sozinhos.
Todos os sete bilhões de nós.

Will Polli

COMENTÁRIO:

 

Poesia de alta qualidade. Com um viés voltada toda para a reflexão e para o existencialismo. Inquisidora, não dá descanso ao leitor. Pergunta após pergunta vai construindo seu caminho poético, até a derradeira conclusão que resulta em solidão ou mesmo, pena, o título do poema. Desmascara pretensões de idealizadores e de hipócritas ao mesmo tempo, sem pudores. Ótimo texto que merece ser divulgado.

Um abraço forte,

Mauricio Duarte

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s