Desafio Mundo Perfeito – Como sonhar para sempre

…ela acreditava naquilo que só ela via, ali, sozinha, sempre, era só ela que sabia daquilo, ela pegava naquilo que estava inacabado; sozinha, acreditava que um dia, seria um produto por fim terminado e, como dizia o merchandising popular: sonho realizado; enquanto isso, ela sonhava, e como todo sonho, sonhava todos os santos dias, dia após dia, dia com noite e noite com dia, sempre sozinha, gostava e queria continuar a sonhar, por isso, nunca contou seu sonho para ninguém.

maíra2

Maíra Vasconcelos

Anúncios

Desafio Mundo Perfeito – Meu mundo perfeito

Não sabia o que era mundo,

O que era viver, não sabia…

O amor é viver, é sonhar, quando te descobri me senti plena

Ansiosa por te conquistar, embotada de desejos e de sensações, não medi atitudes, nem palavras para que fosse meu…

E foi meu, naquele momento. Me senti rara e especial, era um amor puro mas, ao mesmo tempo cheio de desejos.

Então hoje, não o tenho concretamente como gostaria,

Mas permaneço assim, incansável na batalha, disposta a lutar para recuperar o seu amor.

Possíveis adversárias podem surgir, mas garanto que fui a única que te amei com toda minha alma, um amor diferente, que enxerga a alma e penetra totalmente um coração, um amor que não se importou com as distancias, as diferenças…

Sua serenidade, seu desejo e seu amor por mim foi meu pano de fundo.

Ahh quem me dera que me perdoasse e que me deixasse demonstrar tudo o que sinto, se perco horas ouvindo as canções que me fazem lembrar de nós dois, sou tua escrava, tua eterna poetisa.

Seu beijo, o único que nunca esquecerei, seu abraço forte, ahh como queria de novo…

Toda a felicidade, todas as lembranças de você, que gosto de ter pra senti-lo perto de mim.

Dedicatória da tua eterna estrela, tua eterna Linda Flor…

 

Linda Flor

 linda flor

Desafio Mundo Perfeito – Busca pela Paz

lucimary

Estranhamente eu que vivo tão alienada no mundo de notícias pessimistas, recusando-me a ver telejornais, recusando-me a perder tempo com o lixo que vai sendo posto nas redes televisivas. Estou debaixo do medo, parece que nestes 15 minutos que se passam o medo apoderou-se de mim. Talvez por perceber a insignificância, a minha pequenez diante desta massa global.

Há uns longos anos, tenho optado na minha vida, nas minhas relações e nas minhas escolhas, pela paz. Já não suporto pessoas conflituosas, pessoas que criam jogos obscuros de destruição do outro. Bom alguém pode pensar que estou escrevendo isso direcionado, mas não, não estou mesmo. Sinto-me incomodada com o que se passa no mundo, parece que neste meio tempo simplesmente despertei e vi o tudo a minha volta.

O medo vem disso, embora eu saiba que não estou só, que existe comigo o que a muito tenho construído com meu pensamento, um forma maior, a força de Deus; uma força de pensamentos positivos para sempre atrair somente o bem no meu caminho.
Simplesmente sinto-me só.
Simplesmente me vejo com medo.
Medo do mundo em que estamos todos coabitando.

Dei por mim a pensar este mundo, e verdade seja dita, ninguém mais fala de paz. Já ninguém manifesta o desejo de um mundo melhor, de repente parece que entramos num grande redemoinho do qual estamos incapacitados de sair.

Paz…
Complexo demais para a pensarmos como um bem maior a adquirir?
Se com todas as guerras e motins os homens ditos HUMANOS, já não conseguem um mundo melhor?
Estamos nós HUMANOS desesperançados?
Ou simplesmente nós HUMANOS, CIVILIZADOS, estamos simplesmente nos matando uns aos outros?
GUERRAS, MANIFESTAÇÕES, DEBATES, GRUPOS, FACES, PALESTRAS.
O mundo continua girando e a nossa volta nada tem mudado, nada tem melhorado, nada estamos fazendo?
Estaremos de fato no caminho certo?

Paz…
Complexo demais…
Mahatma Gandhi dizia:
“Temos de nos tornar a mudança que queremos ver”.
Meu medo é justamente este, ESTA MUDANÇA.
Só vejo instintos de revolta, de guerras e manifestações, de reivindicações.
Quando pela paz e com a paz seriamos muito mais que vencedores.
Estamos todos nos matando uns aos outros, iludidos que estamos lutando por um mundo melhor. Seremos todos nós afinal HIPÓCRITAS?
Sinto-me só exatamente por perceber que estou só em meio a uma multidão que já ninguém consegue ver o outro, nem mesmo a si.
Tenho medo por perceber que neste redemoinho existe somente a dor de cada um, a ânsia de sobrevivência do EU, o desacreditar do todos que afinal até poderia de fato existir um Supremo Ser divino.
E aí neste ponto percebo que não estou só, como disse anteriormente.

Porque mesmo sendo uma partícula microscópica neste mundo que anseia por guerras e não pela paz, que dita solidariedade mas, vira a cara ao irmão necessitado, que não aperta a mão ao mendigo estendido na rua, porque sei lá, que proclama aos quatro ventos UM NOVO MUNDO, quando não consegue sequer encontrar-se dentro de si; que criam leis para crianças, para homens, leis estas que tem um pomposo título de “DIREITOS HUMANOS” mas, se matam em motins e guerras e desvirtuam estatutos antes ditos como sagrados, homens que transgridem leis sagradas, violam suas mulheres e crianças; somos constantemente traídos por nós mesmos, pois queremos e desejamos algo que nada tem a ver em nome deste SUPOSTO NOVO MUNDO.

Sou como uma partícula microscópica, nada tenho, nada sou, vim a este mundo nua e descerei um dia a terra, desfazendo-me em último processo ORGÂNICO em HÚMUS.
Mas somente de uma coisa estou certa nesta minha tão breve passagem, nesta minha inútil concepção de ser imperfeito que sou, de ser que quer o bem ao seu irmão, que não compreende esta dor que faz a guerra virar um campo minado de sangue derramado sob a terra, que outrora fora por nossos ancestrais dita e tida como sagrada, que já não compreende e já não atende o chamado para o terror; digo por mim mesma e embora vocês não vejam, existe uma assinatura abaixo deste texto, uma assinatura invisível, de quem esta comigo. Porque eu sei que não estou só.

E ao pó todos nós voltaremos afinal!

Ilusões breves e passageiras de um mundo louco!

Dito HUMANO.

 

Lucimary Moura

Desafio Mundo Perfeito – Mundo Perfeito?

Mundo perfeito é o que eu vejo
Povo indo pras ruas exigindo seus direitos
cansados das repressões do governo.
Transportes sem qualidades, estradas sem estruturas, saúde na calamidade.

Cansado da corrupção,
políticos no mensalão
e o povo sempre na mesma situação.

Mundo Perfeito é a ação que eu estou vendo,
vaias a presidente na frente do mundo inteiro.

Justiça e Liberdade trazem amor e confiança,
O futuro depende da gente e não das crianças.

O mundo perfeito depende de mim, de você, do governo…
depende que cada um faça sua parte e exija que o outro também faça a parte dele.
NÃO SE CONTENTE COM OS ABSURDOS. SEJA A DIFERENÇA, EXIJA!

Danilo Lima

danilo

Desafio Mundo Perfeito – Aceite

matheus

Nascer, ser criança, brincar, crescer, viver a adolescência, estudar, badalar, casar, realizar-se profissionalmente, ter filhos e viver feliz para sempre. Esse é o sinônimo da busca constante pela felicidade. Cumprir todos os ritos impostos desde os mais primórdios tempos.

Não há dúvidas que todo ser humano quer ter uma vida repleta de alegrias e realizações. Mas será mesmo que a felicidade é uma regra que deve seguir a linha do tempo? Será mesmo que a felicidade é uma fórmula universal que funciona para todos os tipos de pessoas e estilos de vida? Será que eu quero casar e ter filhos? Será que quero ser feliz pra sempre? Não! Eu sou a ovelha-negra da família e da sociedade em que vivo, quero fugir dos ritos, rótulos, tradições, convencionalismos e tudo que me diga como devo prosseguir.

O ser humano tem mania de generalização e engana-se profundamente, cada pessoa encontra e sente a felicidade de um jeito singular, seria ignorância tentar resolver um problema de Pitágoras com a Fórmula de Bhaskara, exatamente assim é na vida, nem tudo cabe para todos.  Até aí tudo bem, pessoas distintas podem ter opiniões distintas, mas o problema vem à tona quando achamos que a nossa verdade é a verdade suprema e absoluta, quando nos tornamos fanáticos de nossos próprios ideais. É preciso compreender que eu gosto de A e fulano de C, que eu sou feliz casado e sicrano é feliz solteiro, que eu sou feliz na balada e meu amigo é feliz em casa, que meu irmão é feliz jogando videogame e eu futebol, que meu vizinho é feliz gay e eu sou feliz hetero, assim por diante.

Parece uma estória meio batida e clichê, mas o que seria do branco se o mundo inteiro preferisse o preto? Na vida não existe regras nem generalizações, cada pessoa vive no seu universo, que pode sim, ser completo e absurdamente diferente do meu. Lembre-se do grito da revolução francesa: “Liberdade, igualdade e fraternidade.” Esse seria o mundo perfeito.

Matheus Laurini

Desafio Mundo Perfeito – Simples de Coração

Meu mundo perfeito é simples de coração.

Tem cheiro de mato e brinca na chuva
Tem gosto de quero mais e voz de “conta mais uma?”
Tem som de risada fácil e silêncio que não incomoda
Tem cor de arco-íris, cinema e conto de fada.
Tem auroras inspiradoras e poentes poéticos
Tem lugar para os crentes e até para os céticos

Tem luares ensolarados e Sol estrelado
Tem tempestades de ideias e ataques de riso com amigos ao lado
Tem sonhos melhores que os de qualquer padaria
Tem medos maiores que os piores pesadelos à luz do dia.
Tem imaginação fértil e medo de ser/ficar de várias formas estéril.
Tem vontade de voar, mas dá valor ao que teria que deixar.
Tem segredos inconfessáveis e desejos obscenos
Tem muito a aprender e a realizar, antes dos últimos acenos…

Tem, em seu Topos Uranos, milhões de defeitos e a consciência de que até eles a tornam única e importante para quem importa.

Para o resto fecha a porta.
Porque, perfeito, é o que está dentro. O resto é SIMPLES DECORAÇÃO!

 

Prof’s SA

profs

Desafio Mundo Perfeito – Só Nosso

Um mundo perfeito, bah! Por que perguntaram isso? Eu poderia dizer um mundo com paz, ou algo com crianças em um parque e o cheiro de churros no ar mas, não é assim meu mundo perfeito(exceto pelo cheiro de churros). Ele é sem crianças em parque, sem paz, e nem saberíamos o que é isso, porque nunca conheceríamos o oposto, só seríamos eu e você.

Nossa vida teria gosto de canela, as nuvens acima de nós teriam sabor de baunilha e você poderia me levar até elas (ou trazer o céu para mim) daquele jeito que só você e eu sabemos como. Não haveria mais ninguém e não seríamos eternos enquanto durássemos pois, seríamos apenas eternos…

No meu mundo perfeito, não teríamos nomes pois, só com meu olhar você saberia  quando estaria te precisando e vice versa… Poderíamos nos beijar na chuva e eu nem me preocuparia com os nós no meu cabelo, porque você iria gostar assim… A grama seria de cetim e a areia de camurça, daríamos nomes de sentimentos para as casas e dormiríamos em uma diferente toda noite, ou não… Você puxaria a ponta do meu cabelo só para me ver arrepiar, e depois procuraria maneiras diferentes de me deixar no mesmo estado (que eu tanto adoro), eu experimentaria as roupas que quisesse para você, e depois do show, deixaria que você as tirassem. Andaríamos nas ruas de mãos dadas,ou não pois, não haveria distancia, não teríamos como nos perder e seriamos só nós, eu convivendo com sua luxuria, promiscuidade e psicopatia, você com minha paranóia e inseguranças…

Mas para ser perfeito mesmo, não precisaria ter isso tudo. Poderia ser cheio de gente, pode ser como ele é agora, desde que você esteja nele. Esteja comigo. Com você, eu esqueço do resto, esqueço de tudo e largo tudo. Seríamos nós, contra o mundo, no nosso mundo perfeito… e que se dane o resto!

 Nora Cipriano

nora